sábado, 1 de outubro de 2011

Acerca da alma


Algumas perguntas que poderão fazer



A alma é sólida, como o ferro?

Ou é macia e frágil, como

As asas de uma traça no bico de um mocho?

Quem a tem e quem a não tem?

Olho sempre à minha volta.

O rosto do alce é tão triste

Como o rosto de Jesus.

O cisne abre lentamente as suas asas brancas.

No Outono, o urso negro leva folhas para a escuridão.

Uma questão leva a outra.

Terá ela uma forma? Como um icebergue?

Como os olhos de um colibri?

Terá ela um pulmão, como a serpente e a vieira?

Porque serei eu a tê-la e não o papa-formigas

Que ama os seus filhos?

Porque serei eu a tê-la e não o camelo?

E, pensando bem, porque não os carvalhos?

Porque não os íris azuis?

E todos os pequenos calhaus, solitários ao luar?

E as rosas e os limões e as suas folhas brilhantes?

E a relva?



Autor: Mark Oliver

Sem comentários:

Enviar um comentário