quarta-feira, 27 de abril de 2011

Qual a qualidade dos seus pensamentos?


Todos os dias temos milhares de pensamentos e é impossível conseguir manter um registo de todos eles. Mas será útil tomar o hábito de ocasionalmente prestar atenção ao que está a pensar. Se o fizer, ficará de certeza admirado com a quantidade de pensamentos imprestáveis que circulam pela sua mente.

Por pensamentos imprestáveis entende-se todos os pensamentos negativos que não contribuem para oferecer soluções ou transmitir bem-estar. Preocupações acerca de coisas que ainda não aconteceram e que muito provavelmente nunca chegarão a acontecer. Ideias de fatalismos e desgraças igualmente improváveis. Maus julgamentos e mexericos acerca dos outros. Críticas acerca de coisas que estão erradas e não funcionam, sem a preocupação de procurar soluções. Dúvidas e ideias obsessivas de como e porque não conseguirá fazer determinada coisa. Tudo isto é negativo e sem sentido e, como tal, deve ser considerado lixo na medida em que não tem nenhuma utilidade. Tudo o que ganhará em alimentar este tipo de pensamentos será sentir-se mal e manter um estilo de vida medíocre.

A sua mente irá sempre criar situações e eventos em sintonia com aquilo que pensa com regularidade. Quando se focaliza nas coisas que podem correr mal, está de facto a criar situações que realmente não funcionam. Assim sendo, se o seu objectivo é usufruir de sucesso e alegria, então é importante proceder à mudança desses pensamentos por outros positivos. Pensamentos que sirvam de alavanca para que tenha uma vida melhor, lhe ofereçam soluções e contribuam para a resolução assertiva de problemas.

Em vez de pensar em tudo o que pode correr mal, pense em tudo o que pode correr bem. Pergunte-se de que forma as coisas podem funcionar bem. Pergunte-se de que forma poderá melhorar a sua vida e encontrar soluções. Ao fazê-lo, estará a focalizar-se nos aspectos positivos da sua vida. E assim serão criadas novas soluções e saídas positivas.

Poderá seguir os seguintes passos:

  1. Disponha-se a prestar atenção aos seus pensamentos com regularidade.
  2. Observe e analise esses pensamentos. Pergunte a si próprio: Será que este pensamento ou crença joga a meu favor? É de alguma utilidade para mim ou para os outros? Faz-me sentir bem? 
  3. Em caso positivo, óptimo. Trate de manter esse padrão de pensamento. Em caso negativo, então de facto é necessário que substitua esses pensamentos.

Pode mudar os pensamentos simplesmente pensando o oposto ou criando um novo pensamento que o ajude a concretizar aquilo que deseja. Por exemplo, se dá por si a procurar razões para não conseguir superar determinado desafio, procure em vez disso por razões para conseguir superar esses desafios. Procure estratégias, procure soluções construtivas. Pense nas suas qualidades e capacidades, pense que será capaz, mesmo que seja necessário procurar a ajuda externa de especialistas.

Quando se acredita que se consegue fazer determinada coisa ou que determinado problema tem solução, as saídas começam a surgir, por vezes das formas mais simples. O segredo reside em procurar sempre eliminar os pensamentos negativos, substituindo-os por outros positivos. Lembre-se que se não fizer nada para criar a vida que quer, se não analisar o modo como a sua mente funciona, tudo ficará na mesma.



**Sinta-se à vontade para partilhar este artigo no seu blog, site ou newsletter. Se o fizer, por favor inclua o nome do autor e um link a este site**

Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-Não a obras Derivadas 2.5 Portugal.

1 comentário:

  1. Todos os dias temos milhares de pensamentos ...
    A pensar...
    Sorriso:)

    ResponderEliminar