sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Chaves para o sucesso

Partindo do princípio que sabe do que precisa para ser feliz e está disposto a perseguir objectivos bem definidos que o conduzam ao que quer, então é tempo de arregaçar as mangas e pôr-se a caminho.

Muitas pessoas ficam frustradas por pura falta de persistência. Caem na ilusão de pensar que os resultados aparecem de imediato, após uns quantos passos e esforços dirigidos. E com frequência desistem e admitem o fracasso simplesmente porque os progressos não foram tão rápidos como desejavam.

Em vez de uma abordagem conducente à desistência e ao fracasso, tente o seguinte:

  • Faça acções assinaláveis e consistentes a cada dia. Sem esforço continuado não se chega a lado nenhum, por isso ponha-se em acção e comprometa-se a manter-se em acção durante o tempo que for necessário para atingir o que pretende.
  • Atreva-se a sair da sua zona de conforto. Habitue-se tomar pequenos riscos, seguindo a sua intuição. Vá por áreas a que nunca se atreveu, embrenhe-se em novas experiências. Se depois tiver que recuar não é problema de maior. Por vezes temos de recuar dois passos para avançar apenas um. O importante é que vá avançando.
  • Esteja confiante das suas habilidades e espere resultados positivos. Espere sempre o melhor em todas as situações e coloque o coração em tudo o que faz.
  • Seja paciente. Não espere que o sucesso chegue de um dia para o outro. Tudo leva o seu tempo. Quando lança uma semente no solo, não espera que no dia seguinte lá esteja uma árvore frondosa e carregada de frutos, certo? Os resultados dos seus esforços obedecem à mesma lei. Saber esperar é uma virtude.
  • Não se esqueça de apreciar a jornada. Quando não se encontra tão ansioso por ver resultados, simplesmente relaxa e as coisas acabam por acontecer naturalmente. Pode parecer um paradoxo mas uma atitude de descontracção e desapego ajuda a conseguir progressos mais rápidos.

Se tomar estes procedimentos à letra, não tem como não ser bem sucedido. Inevitavelmente passará por períodos de incerteza e desânimo mas, desde que não baixe os braços e ceda à tentação de desistir, mais tarde ou mais cedo começará a receber os louros dos seus esforços.


**Sinta-se à vontade para partilhar este artigo no seu blog, site ou newsletter. Se o fizer, por favor inclua o nome do autor e um link a este site**



Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-Não a obras Derivadas 2.5 Portugal.

2 comentários:

  1. Obrigada pelo seu comentário motivador! Sinta-se sempre Bem-vindo!

    Um abraço!

    ResponderEliminar