quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Nada é impossível


Quando chega a altura de se definirem objectivos, não é raro deparar-nos com a sensação de inacessibilidade. E há a tendência a estacar assim que surge o incómodo pensamento que determinada ideia ou sonho é impossível de alcançar.

No entanto, já considerou que se toda a gente fosse dominada por esses pensamentos não haveria inovações ou invenções de espécie alguma? Basta olhar ao nosso redor para ver a quantidade de tecnologias que à primeira vista pareceriam inconcebíveis. Como foi possível materializar tanta maravilha? Pensava-se que seria impossível ao homem construir algum aparelho que lhe permitisse voar, contudo os aviões e outros meios de transporte aéreos aí estão para responder que essa percepção estava errada. Pensava-se que seria impossível falar com alguém à distância e aí estão os telefones, os telemóveis e até se foi mais longe ao conseguir-se comunicação directa com voz e imagem através da Internet. Pensava-se que seria impossível para o Homem ir à Lua ou explorar outros planetas. Tanta coisa que se pensava ser impossível e afinal, de um momento para o outro, deixou de o ser.

Como foi que se conseguiu avançar e realizar tanta coisa que à partida parecia impossível? Em primeiro lugar, é preciso querer. Através de um desejo profundo, os impossíveis transformam-se em possibilidades. É também preciso vencer os receios e as incertezas, acreditar-se em si próprio e acreditar também que é possível concretizar os sonhos. E depois é preciso trabalhar arduamente para atingir o fim pretendido. Thomas Edison disse um dia: “A genialidade é 1% de inspiração e 99% de transpiração”. Essa frase que se popularizou diz tudo. E é bom que esse 1% de inspiração seja de facto composto por ideias criativas e genuínas.
Verifica-se que algumas pessoas têm ideias fenomenais, contudo limitam-se a sonhar, não desenvolvendo acções específicas que conduzam à sua concretização. Por lhes parecer ter à sua frente um caminho muito longo de percorrer, não conseguem reunir nunca as energias necessárias para tomar o primeiro passo. Por essa via, os sonhos nunca passarão disso mesmo, serão eternamente quimeras intransponíveis.

A verdade inquestionável é que não basta sonhar. É necessário empreender esforços concretos para transformar os sonhos em realidade. É necessário que se ponham de parte quaisquer dúvidas ou incertezas só servem para nos limitar e para travar toda e qualquer hipótese de sucesso. É necessário acreditar nas nossas potencialidades e tomar acções diárias, por pequenas que sejam, que nos aproximem dos nossos objectivos.

Tente o seguinte exercício. Pegue numa folha de papel e escreva alguns dos objectivos que tem na vida e que lhe parecem impossíveis de realizar. Reveja com frequência esses objectivos e procure todas as alternativas criativas ao seu alcance que possibilitem a sua realização. Pergunte-se: “O que posso fazer para alcançar este objectivo?”. Com o passar do tempo, as respostas irão surgir e pode acontecer que muito em breve seja surpreendido pela percepção que, afinal, essas metas não são assim tão difíceis de concretizar.

Conheço alguém que tinha o sonho de viajar aos Estados Unidos, contudo as suas capacidades financeiras eram limitadas e garantiam à justa o pagamento dos encargos mensais. Essa pessoa considerava impossível que alguma vez conseguisse fazer essa viagem. Quando pensou a fundo sobre a questão, decidiu avançar para a procura de alternativas ao seu dispor. Analisou folhetos de companhias aéreas e hotéis, bem como roteiros e excursões para os sítios que desejava conhecer. Estabeleceu um plano e determinou os custos envolvidos. Faltava-lhe o dinheiro. Decidiu a elaborar um mapa financeiro para determinar quais as despesas fixas e imprescindíveis, coisa que nunca tinha feito até então. Tendo em mente reunir a quantia necessária para a viagem, procurou identificar custos supérfluos que poderia cortar. Entre deixar de beber cafés e levar para o escritório em determinados dias da semana refeições confeccionadas em casa, começou a colocar no mealheiro cerca de 150€ mensais. Mudou de fornecedor de TV por cabo e juntou mais alguns euros mensais. Ficou tão entusiasmado que ainda conseguiu mais alguns ajustes para juntar dinheiro. Em menos de dois anos conseguiu reunir mais do que a quantia necessária. Afinal, o seu sonho não era nada impossível. Bastava-lhe simplesmente aprender a gerir os seus recursos financeiros.

A verdade é que não existe praticamente nada que não se possa alcançar. Tome a decisão neste preciso momento de cultivar todas as emoções positivas que merece experienciar diariamente. É sempre possível escolher viver com mais alegria, entusiasmo, confiança ou paz de espírito. Defina claramente o que é que se compromete a realizar. Pense em grande e esforce-se por tomar acções contínuas que o aproximem desses sonhos. Verifique o que funciona e elimine tudo aquilo que não funciona, corrigindo a abordagem se for caso disso. Utilize a seu favor o que quer que seja que a vida lhe ofereça. À medida que avança e progride vai descobrindo que o impossível se torna cada vez mais viável.

**Sinta-se à vontade para partilhar este artigo no seu blog, site ou newsletter. Se o fizer, por favor inclua o nome do autor e um link a este site**
 
 
 

Sem comentários:

Enviar um comentário