segunda-feira, 12 de abril de 2010

Ponha Fim à Ilusão do Tempo


«...O tempo e a mente são inseparáveis. Retire o tempo da mente e ele pára… A não ser que decida utilizá-lo.

Identificar-se com a mente é ser aprisionado no tempo: a compulsão de viver quase exclusivamente das recordações e por antecipação. Esta situação gera uma preocupação interminável com o passado e com o futuro e uma falta de vontade de dignificar e reconhecer o momento presente e permitir que este seja. A compulsão nasce porque o passado lhe dá uma identidade e o futuro contém a promessa de salvação, de realização sob qualquer forma. Ambos são ilusões.

Quanto mais a pessoa se concentra no tempo (passado e futuro), mais falta sente do Agora, a coisa mais preciosa que existe.

Porque é que o Agora é a coisa mais preciosa que existe? Primeiro, porque é a única. É tudo o que existe. O presente eterno é o espaço no âmbito do qual a sua vida se desenrola, o único factor que permanece constante. A vida acontece agora. Nunca houve altura em que a sua vida não fosse no agora, nem nunca haverá.

Em segundo lugar, o Agora é o único ponto que pode levar o leitor além dos limites circunscritos da mente. É o seu único ponto de acesso ao mundo eterno e sem forma do Ser.

Alguma vez o leitor experienciou, fez, pensou ou sentiu algo fora do Agora? Acha que alguma vez o fará? É possível que alguma coisa aconteça ou se dê fora do Agora? A resposta é óbvia, não é? Nunca nada aconteceu no passado mas sim no Agora. Nunca nada vai acontecer no futuro, mas sim no Agora.

A essência das palavras que profiro não pode ser entendida pela mente. No momento em que o leitor o compreenda, ocorre uma mudança no consciente, passando da mente para o Ser, do tempo para a presença. De repente, o leitor sente que tudo está vivo, que tudo irradia energia e emana Ser...»

Tolle, Eckhart. In A Prática do Poder do Agora

2 comentários:

  1. muito bom mais tome cuidado para sua propria teoria nao tornar sua propria punição.

    Ass:SR-H

    ResponderEliminar
  2. Forum Ragnarok obrigada pelo comentário. O texto não é da minha autoria mas sim de Eckhart Tolle, conforme devidamente identificado. O autor pretende transmitir que só podemos agir no Presente e nunca no Passado ou no Futuro. E a mente transporta-nos sempre para o Passado e para o Futuro, não nos deixando viver o Presente. Daí ser importante deixarmos de nos identificar com a nossa mente. Esta é a mensagem do texto.

    ResponderEliminar